A música em 2018 de A-Z

Fonte: RedBull
Sim meus consagrados, já estamos em dezembro. O ano passou voando, muita coisa rolou, e nós já chegamos naquele momento momento gostoso e nostálgico de olhar pra trás, refletir sobre a vida e fazer aquela retrospectiva do que rolou durante os 12 meses intensos de 2018. Pensando nisso, fizemos aqui aquela listona de A-Z dos fatos que marcaram a música este ano. Relembrar é viver.
A – A STAR IS BORN
Ovacionado pela público e crítica em diversos festivais e meios de comunicação, a regravação dirigida por Bradley Cooper e com Lady Gaga como atriz principal foi um dos dez filmes com melhor bilheteria no ano de 2018, junto a trilha sonora do filme que atingiu o topo das paradas de diversos países como Australia e Inglaterra. O filme é o terceiro com a melhor bilheteria no Brasil este ano e é uma das principais apostas a concorrer nas premiações de cinema.
B – BACO EXU DO BLUES
O rapper baiano lançou o seu segundo disco “BLUESMAN” no mês de Novembro e não sai das nossas playlists. O disco tem um viés político forte com mensagens sobre racismo misturado a hip-hop, música eletrônica, música latina e muita poesia. O trabalho de Baco chamou atenção até de Beyoncé e Jorja Smith, que recentemente parecem ter mandado mensagens para o rapper no Instagram. Parece que vamos ouvir falar muito dele em 2019 ainda.
C – CARDI B
A rapper aparece pelo segundo ano consecutivo na nossa lista. Após o sucesso estrondoso de “Bodak Yellow”, Cardi B aumentou o seu império e conquistou mais três primeiros lugares nos charts com a sua participação em um remix da música “Finesse” do cantor Bruno Mars, com seu single “I Like It” com participação de J Balvin e Bad Bunny e na canção viral da banda Maroon 5 “Girls Like You”. Além do sucesso do seu primeiro disco “Invasion Of Privacy”, não satisfeita, a rapper ainda participou de canções como “Motorsport” do grupo do seu marido Offset, Migos e lançou uma coleção assinada com seu nome para a marca Fashionova. Tudo isso aconteceu enquanto a artista dava a luz a sua filha Kulture. Será que em 2019 teremos de colocar Cardi B de novo na nossa lista?
D – DRAKE
O grande nome do ano com certeza foi o de Drake. Além de ter batido recordes nos canais de streaming com o sucesso do seu disco “Skorpion” e dos singles “Gods Plan” e “In My Feelings”, durante o processo de finalização do disco, Drake acabou entrando em uma briga com o rapper Pusha T, que revelou ao mundo que o canadense escondia que tinha um filho. O rapper admitiu ter um filho na faixa “Emotionless”.
E – ELZA SOARES
2018 foi de Elza Soares. Além de lançar o aclamado disco Deus É Mulher, que ganhou também documentário com os processos dos bastidores, Elza também fez shows pelo Brasil inteiro, inclusive no Red Bull Music Festival São Paulo, onde participou de uma conversa intimista apresentou um formato exclusivo de seu show ao lado do bloco afro Ilú Obá de Min. Rainha é rainha, né mores?
F – FULERAGEM
Este ano foi marcado também pela popularização do funk arrocha e 150 BPM em São Paulo. O ritmo, que mistura o arrocha e o brecha do Nordeste, ganhou grandes representantes no Sudeste , como o DJ Guuga e MC WM, que chegou pesado com o hit “Fuleragem”. Hmmmmm, cheirinho de sucesso, hein?
G – GRIMES
Apesar de ter lançado recentemente seu novo single “We Appreciate Power”, Grimes chamou mais atenção por suas colaborações em 2018 nas músicas para Janelle Monae “Pynk”, o grupo coreano LOONA, a artista visual Poppy e o polêmico dueto com Azealia Banks, que não rendeu nenhum hit para as pistas, mas rendeu muitas notícias para os tablóides sobre como a rapper ficou presa na casa do namorado da cantora canadense, Elon Musk.
H – HALSEY
Esse ano, a cantora Halsey bombou com as músicas “Without Me” e “Eastside” ao lado de Khalid e Benny Blanco. Com certeza você ouviu muito esses hits tocando nas rádios por aí, por isso ela merece estar aqui na nossa lista.
I – IZA
A cantora carioca de 28 anos viu sua carreira decolar este ano. Com o sucesso do hit “Pesadão”, Iza teve a chance de lançar seu primeiro disco solo “Dona De Mim” e foi convidada para comandar o programa “Música Boa Ao Vivo” do canal Multishow
J – JAYZ AND BEYONCE/THE CARTERS
O casal polêmico completou 10 anos juntos e tem muito o que comemorar. Em Abril lançaram um dos vídeos mais assistidos e comentados do ano “APESHIT”, o clipe gravado no museu do “Louvre”, um dos maiores do mundo, e que levou a internet a loucura junto com o lançamento do EP “Everything Is Love”. O rapper e a cantora agora fazem juntos uma turnê mundial, e recentemente fizeram um show em Johanesburgo, na África do Sul.
K – KANYE WEST
Este ano foi apenas mais um entre tantos que Kanye West causou polêmica, mas que também lançou trabalhos elogiados pela crítica e público. Os discos “ye” e “Kids See Ghosts”, este segundo em parceria com Kid Cudi, foram apenas parte dos trabalhos do rapper no ano. Recentemente ele também lançou a faixa “I Love It” em parceria com Lil Pump, dando origem ao clipe e a apresentação no programa SNL que viraram meme na internet.
L – LINN DA QUEBRADA
A cantora fez sua primeira turnê fora do Brasil, passou por vários países da Europa, fez shows na América do Su e tocou em importantes festivais nacionais e gringos, sempre muito bem acompanhada de sua equipe maravilhosa: Jup do Bairro, DJ Pininga e Badsista. Linn também ganhou o prêmio de Melhor documentário com temática LGBTQI+ no 68º Festival de Berlim com o documentário “Bixa Travesty”, e o mais importante: ecoou sua mensagem de resistência por onde passou. Elxs brilharam em 2018 e prometem brilhar ainda mais no ano que vem.
M – MAC MILLER
O rapper de 16 anos faleceu em Setembro, causando grande comoção, um mês após ter lançado seu disco “Swimming” que contava suas experiências com bebida, drogas e seu relacionamento com a cantora Ariana Grande. RIP 😦
N – NICKI MINAJ
Se Nicki Minaj vai lançar um trabalho novo pode ter certeza que ela vai fazer questão que você saiba. Com o lançamento do seu quarto disco “Queen”, a rapper deu estreia a um canal de rádio com o mesmo nome para poder comentar recentes acontecimentos, e não faltou história: desde sua competição com o rapper Travis Scott pelo primeiro lugar nos charts de discos mais vendidos até sua rixa com a novata Cardi B, que rendeu a um escândalo na after party da New York Fashion Week após Cardi B tentar lançar um sapato em Nicki. No meio das polêmicas, ainda arranjou tempo para lançar participações como a com o rapper polêmico 6ix9ine.
O – OIL OF EVERY PEAL’S UN-INSIDES
Uma das produtoras mais requisitadas e comentadas da atualidade, SOPHIE lançou este ano o seu debut álbum que foi muito bem recepcionado. Depois do seu primeiro trabalho “PRODUCT” onde a artista brincava com sons e conceitos da música pop, o seu novo disco traz uma energia mais pesada e melancólica, sem deixar a PC Music de lado. SOPHIE também foi a primeira mulher trans a ser indicada ao Grammy.
P – PABLLO VITTAR
No começo do ano Pabllo lançava diversas participações, mas mal sabiam que a cantora só estava preparando terreno para o lançamento do seu segundo disco “Não Para Não”. O sucesso do primeiro single “Problema Seu” foi instantâneo, e a drag queen logo atingiu o topo dos charts de streaming esse ano. Recebendo prêmios como Personalidade do Ano e matérias para a Vogue norte americana, Pabllo só mostrou que veio pra ficar mesmo na cena da música brasileira.
Q – QUAVO
Quavo, integrante do trio Migos, agitou a cena do rap com suas colaborações e lançou o disco “QUAVO HUNCHO”, que contou com participações de Travis Scott, 21 Savage, Madonna, Cardi B, Kid Cudi e Normani. Escutaê.
R – ROSALÍA
A cantora e atriz espanhola Rosalía lançou seu segundo álbum, mas o primeiro com reconhecimento internacional, “El Mal Querer”, este ano. Com o single “Malamente” e um videoclipe cheio de referências e ambientações pop, a garota de 25 anos ganhou notoriedade mundialmente e concorreu a 5 categorias no Grammy Latino, levando dois prêmios pra casa.
S – STREAMS
Em 2018 ficou claro que a indústria fonográfica mudou, e a era dos downloads acabou. As vendas de discos foram as menores de toda a década, enquanto a quantidade de novas plataformas e novos usuários dos canais de stream vem crescendo cada vez mais. O peso do sucesso das músicas em aplicativos como “Spotify” é o principal motivo de rappers como Drake e Post Malone estarem entre os mais escutados do ano.
T- THANK U, NEXT
Ariana Grande teve um ano agitado. Após o incidente em Londres, a cantora se preparou para lançar o seu disco “sweetener”, mas com o falecimento do seu ex namorado Mac Miller e o término do noivado com o comediante Pete Davidson, Ariana sentiu que precisava contar uma nova história e então aconteceu o sucesso do seu single “Thank U, Next”, um ode a todos os seus ex namorados. O clipe com referências a filmes dos anos 2000 como Meninas Malvadas e De Repente 30, se tornou um viral e bateu o recorde de vídeo mais assistido em 24h no Youtube.
U – URIAS
Urias se tornou uma das promessas do ano após lançar um cover da música “Meu Mundo é o Barro” do O Rappa e participar da canção “Ouro” no disco “Não Para Não” de Pabllo Vittar, melhor amiga da atual modelo e cantora. Recentemente se apresentou no programa “Amor & Sexo” e promete ser um nome para prestar atenção em 2019.
V – Vitor Kley
Você pode não reconhecer seu nome de primeira, mas Vitor Kley é dono do hit “O Sol”, que com certeza você ouviu muito por aí. Será este o grande hit do verão 2019?
W- WC no Beat
WC no Beat chegou com um dos grandes hinos do trap brasileiro deste ano, “Meu Mundo”, que também contou com a participação de Mc Cabelinho, PK, Mc Hariel e Orochi.
X – XXXTENTACION
O rapper polêmico faleceu em Junho, três meses após o lançamento do bem sucedido e elogiado “?”. Envolvido com casos de agressão e com distúrbios pela vida violenta que levou quando criança, XXXTENTACION havia gravado centenas de demos e músicas que são lançadas todos os meses, e recentemente um álbum póstumo deve ser upado nas plataformas de stream.
Y – YOU SHOULD SEE ME IN A CROWN
A cantora Billie Eilish é um dos nomes mais promissores do pop atual. Ela tem só 16 anos e já conta com uma legião de fãs. A música “you should see me in a crown”, lançada em agosto, já soma mais de 39 milhões de visualizações no Youtube.
Pra fechar a lista numa vibe gostosinha, escute “RINGOS DESERT PT. 1”, álbum do produtor ZHU, lançado no primeiro semestre deste ano. Se você ainda não conhece, tá aqui a sua chance!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s